Página inicialEscolha VerdeRefugiado: e agora?

Refugiado: e agora?

Allan-Walker2

A semana de outono, ainda com jeito de verão, tem trilha sonora em Curitiba. A mesma que embala os jovens na primavera europeia. Mas não chega a ser uma comemoração. Muito ao contrário. O som ganhou minha simpatia a partir da análise bem apurada da relação entre a letra da música e o momento social/político atual que vive a Europa – e respinga por aqui também, quer você queira ou não – feita pelo amigo jornalista Kelson Henrique. Os versos de Alan Walker, em Faded, ganham outro sentido quando ouvimos ou lemos pela ótica de um migrante-refugiado.

“Você era a sombra de minha luz
Você pode nos sentir
Outro começo
você desapareceu
Com medo que o nosso objetivo esteja fora de vista
Querem nos ver
Vivo”

Você encontra a letra original da música e a tradução para o português em diversos sites. Eu copiei esse trechinho aqui do Vagalume.
Allan3

Mas vamos às palavras que me fazem ouvir com o coração o hit europeu.
“Refugiados… Uma das palavras mais fortes dos últimos meses em toda a Europa.
Com a chegada da primavera, o marketing musical recebe investimentos milionários com estratégia de fortalecer o turismo. Este ano um tema inédito mudou radicalmente os tradicionais “hits de verão”. O norueguês Alan Walker é o responsável por garantir – pelo menos até agora – que sua produção musical conquistasse o primeiro lugar entre as músicas mais ouvidas em 21 países, nas últimas semanas. O motivo: a simples reflexão “e agora?”.
O vídeo mostra um jovem que vaga apenas com uma mochila e uma foto impressa de sua casa. Imagens que retratam a realidade de milhares de jovens e famílias inteiras que vivem o mesmo drama na chamada guerra civil. São conflitos milionários que destroem vidas, comprometem sonhos.
Hoje gravamos com um grupo de refugiados do leste europeu que receberam apoio do governo da Cataluña. Na redação uma mistura de felicidade com emoção. E não há nada mais factual como trilha sonora que Faded. Em apenas quatro meses, são quase 160 milhões de visualizações no YouTube.”
Kelson

Kelson Henrique é  repórter na TV España, em Barcelona.
Jornalista do mundo que ama o universo real e se tiver cachorros, pira!
Repórter correspondente para Itália e âncora para a Espanha sobre o processo de independência da Catalunha.
Agora aumente o volume. Você tem escolha.

 

Últimos comentários
  • Agora é uma palavra completamente real para estas pessoas. Real e que desafiadora. Responder a questão “e agora?” talvez seja o mais duro. Triste. Os europeus fazem dessa crise absurda de milhares de pessoas refugiadas para chamar atenção sobre a importância do tema. Agora entendo que só os países onde se vive ou foram vítimas da guerra são capazes de absorver com mais intensidade tudo isso. Por sorte a vida traz a arte que chama atenção para o tema com profunda propriedade. E nós, absorvemos tudo isso com a generosidade que temos para respeitar, levar adiante e de alguma forma tentar acolher essas pessoas. Acho que agora é hora de acolher mais, abraçar muito e tentar viver sempre. Muito obrigado minha querida!

  • A exigência de evolução é um acontecimento mágico.
    kelson Henrique, é histórica a sua contribuição à vida.
    Abraços

    • Esse é o nosso desafio diário: fazer da vida uma mágica. Assim seguimos. Claro que as vezes temos que contar histórias tristes. Muito obrigado pelo comentário! 🙂